domingo, 10 de outubro de 2010

Kathlyn e o Vestido Violeta


Kathlyn e o Vestido Violeta

As roseiras mais grosseiras
Podem habituar-se ao afável
Chamego da cerração.

Projetando uma admirável
Imagem arteira,
Refletindo luz ultravioleta
Em sua pigmentação.

Kathlyn e o Vestido Violeta,
Vagando sonolenta,
Com suas botas de carmim.

Descrição do óbvio,
Louvo com satisfação,
Nota violenta,
Ouvida na desolação.
Vivida a devida dissertação.

Kathlyn e o Vestido Violeta,
Passeando em marcha lenta.
Envolvida em cetim.

Uma boneca de cera,
A maciez do algodão,
A Bela como Fera,
Auferida em sua coleção.

Kathlyn e o Vestido Violeta,
Vagando sonolenta,
Com suas botas de carmim.
Passeando em marcha lenta,
Envolvida em cetim.

Numa noite friorenta,
Ao som da invernada,
Na relva estrelada,
Devaneios são assim...

Kathlyn e o Vestido Violeta...

(Compositor: Michel F.M.) © 2009

13 comentários:

... disse...

que lindo .
to seguindo =D

T.O.R disse...

tocante...sensacional...

T.O.R disse...

tocante...sensacional...

♫ ♪ Wilson ♫ ♪ disse...

Um poema que se faz linda canção.

Abraços e boa noite!

Diário de Coragem disse...

Visita já!!! www.diariodecoragem.blogspot.com

sueli aduan disse...

Michel,belo blog! vou ver tudo com muita calma.
abs

Sônia disse...

Bonita letra.

César disse...

Muito bom!

Cáh disse...

eu gosto...
e muito.



Beijos

Danoca pin disse...

Adoro suas músicas e textos!!
Sensibilidade máxima a sua...
Tô te seguindo, se puder me seguir, agradeço.

Gisa disse...

Botas de carmim, Bela como Fera, devaneios e cetim, bonita tela pintastes diante dos nossos olhos.
Parabéns
Bjs.

Mar Arável disse...

São rosas

senhor

Y. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Related Posts with Thumbnails