quarta-feira, 5 de maio de 2010

A Razão do meu Viver

Hoje, fazem 7 anos que escrevi minha primeira música, hoje publico aqui, a primeira música. Um Abraço.


A Razão do meu viver

Quando eu a vi, sentada lá no canto,
Foi quando percebi, em seu rosto um espanto.
Ela estava lá parada, ela era um encanto,
Quando olhou pra mim, derramou-se em prantos.

Ela parecia um anjo, ela era diferente,
Era muito bonita e inteligente.
Às vezes eu paro e penso como seria sem ela,
Eu não viveria sem a minha Cinderela.

Você não pensa em mim, só eu em você,
Quero te ver, não posso te perder,
Você é a razão do meu viver.

Você é muito legal e um pouco inconseqüente.
Fala sem pensar, acaba magoando a gente.
Não sabe conversar e quando fala
Só consegue machucar.

Mas isso agora não importa mais,
Eu não quero nem saber,
Só sei de uma coisa, eu amo você.

Você tem esse seu jeito
Estranho de ser, mas eu amo você.
Vamos ficar juntos, só eu e você,
Você é a razão do meu viver.


(Composição: Michel F.M.)

24 comentários:

Tânia regina Contreiras disse...

Recordar é viver e a primeira a gente nunca esquece: relembre e comemore!!!

abraços

cantinho she disse...

Obaaaaaa! E eu adorei! Bjo, bjo!

Angélica Lins disse...

Que recordação boa de se ter...
Parabéns!
Abraço.

DA JANELA, disse...

Deve ser muito gratificante ver o "start", recordar é viver sempre!

Grande abraço e sucesso, Thales Willian.

Lindsae disse...

Que legal sua posstagem...
É legal relembrar o ponto de partida para percebermos o qto evoluímos!
B-jim.

Bia Magalhães disse...

7 anos...mt tempo!! Se eu for ver as minhas composições a 7 anos atrás...meu Deus!!! A sua é linda. Se houvesse música seria melhor!! ;D
Beijos

Heliomar Melo disse...

Gostei. Parabens!

Gilson disse...

Michel, música fantástica, gostei muito do seu blog e vou ser seu seguidor. Fica a vontade para aparecer lá e me seguir.

Abs

Vieira Calado disse...

Gostava de ouvir a música.

Como se consegue?

abraço

Mariana Amorim disse...

Linda :D

Elaine Crespo disse...

Michel!

Parabéns pela data!
E continue produzindo coisas tão belas quanto esta que você postou !!
E que tem um significado muito importante em sua vida literária e musical!

Beijos
Elaine

Heat disse...

"Meu primeiro amor".

É. tbm me lembro bem do meu.

jefhcardoso disse...

Por que o espanto no rosto ao lhe ver. Espanto? Você é um cara boa pinta, velho.
Por que prantos ao lhe ver?
Uma pessoa que só fala coisa que magoa.
Meu, espero que sete anos depois essa relação tenha tido um desfecho positivo para vocês. (sorrio).

Cara, tudo muda. E como é hoje? É a mesma canção?

Abraço do Jefhcardoso do http://jefhcardoso.blogspot.com

«╬♥ LADy M«╬♥ disse...

oie michel passandu pra deixar varias beijokas pra tiiii bom fds pra tii .. fique com papai do céuu

Multiolhares disse...

existe sempre uma primeira vez para tudo, e essa primeira vez acaba por marcar as nossas vidas
beijinhos

Keila Costa disse...

Oi Michel,
estou passando aqui para lhe dizer que seu blogue está entre os meus 15 escolhidos ao Prêmio Dardos.
Todas as especificações sobre o prêmio está na última postagem do meu blog:

http://entrelugares.blogspot.com

Passe lá para conferir.

Abraço grande,
Keila

Mandy disse...

Adorei a letra. O final ficou incrível. Você compõe muito bem Michel!

^^

Obrigada por seguir o Sook, também estou te seguindo...

xoxo

SMM disse...

Adorei o teu blog! Letras lindas!
Se puder me visite http://sindromemm.blogspot.com

Francine Galiano disse...

Que letra fofa! Só achei q foi paixonite sua dizer q ela era uma Cinderela, se lea vivia te magoando... sei lá!

Parabéns pelo blog e sucesso!

Amanda Amancio disse...

Michel

Adorei o seu blog!
através de um blog de uma amiga, que pudi conhecer um pouquinho de vc!


Se quiser pode me seguir tb!
bjs

DebyWeb disse...

Oláá!!Q beloo blog...muito legal, legal mesmo, ótimo cnteúdo, gstei tanto q estou a lhe seguir.
BjxXx

VEREDAS, por Marluce disse...

Michel,



Para o amor, os grandes defeitos são quase imperceptíveis ao amante; não seria amor, se assim não fosse!


Bela composição, as coisas que o amor fabrica, são sempre tão autênticas, tão lindas!


Lindo blog!

Um abraço, Marluce

VEREDAS, por Marluce disse...

Michel,



Para o amor, os grandes defeitos são quase imperceptíveis ao amante; não seria amor, se assim não fosse!


Bela composição, as coisas que o amor fabrica, são sempre tão autênticas, tão lindas!


Lindo blog!

Um abraço, Marluce

VEREDAS, por Marluce disse...

Michel,



Para o amor, os grandes defeitos são quase imperceptíveis ao amante; não seria amor, se assim não fosse!


Bela composição, as coisas que o amor fabrica, são sempre tão autênticas, tão lindas!


Lindo blog!

Um abraço, Marluce

Related Posts with Thumbnails